'CASTRO' | 14/MARÇO

SÁBADO 14 | MARÇO

21h30 | GRANDE AUDITÓRIO

M/12 | 120 MIN. | 7€ / 5€

CASTRO

ENCENAÇÃO DE NUNO CARDOSO

PRODUÇÃO DO TEATRO NACIONAL SÃO JOÃO

 

ticketline logo site tvr  

 

«A mais bela peça de teatro alguma vez escrita em português»

Frederico Lourenço

 

«O amor contra as razões mesquinhas»

Pedro Mexia

 

«Castro é o cúmulo de amor pelas palavras»

Miguel Esteves Cardoso

 

Escrita na segunda metade do séc. XVI pelo poeta António Ferreira, Castro inaugura definitivamente a tragédia clássica em Portugal, rivalizando em importância e esplendor com Os Lusíadas de Luís de Camões. António Ferreira foi buscar à História de Portugal os dados fundamentais do núcleo sobre o qual construiu a sua ficção literária: a paixão do infante Pedro pela castelhana Inês, a aia de sua mulher, as intrigas espanholas, os receios dos conselheiros de D. Afonso IV, as hesitações do rei quanto à sorte de Inês, a bárbara execução desta, a cólera de D. Pedro, o castigo dos conselheiros, a coroação da rainha morta… Drama histórico, lenda popular ou mito, os amores de Pedro e Inês propiciam a Nuno Cardoso o seu primeiro encontro com um texto canónico da dramaturgia portuguesa. Circulam na peça alguns assuntos que o perseguem há muito: a família como lugar de claustrofobia e crime, a sedutora vizinhança de amor e morte, a vertigem da transgressão, a diferença ou a alteridade como força e como perigo. Bem no centro de Castro mora Inês – uma mulher, para mais estrangeira –, enfrentando sozinha a razão de Estado. “Olhai esta mulher, vede o que há nela.”

 

Duração: 120 min

Classificação etária: M/12 anos

Bilhetes: 7€ / 5€ + Cartão